T O P
  • By -

literallyandre

"Pá então é o seguinte, nós conseguimos escravizar estes refugiados de guerra que estão a criar filhos sozinhos porque eles não têm outra opção a não ser trabalhar, portanto ó portugueses metam mas é os olhos nestes meninos"


Buttslayer2021

Original: [https://zap.aeiou.pt/ucranianos-trabalho-portugal-468107](https://zap.aeiou.pt/ucranianos-trabalho-portugal-468107) Highlights: \>colocarão a faca nos dentes, isto é, ninguém espere que sejam trabalhadores das nove às cinco e que venham reclamar o que por cá reclamamos \>\*O co-fundador da We Help Ukraine\*, plataforma internacional de ajuda à Ucrânia que nasceu em Portugal, repara que “as empresas já perceberam, e bem, que poderá haver uma nova força de trabalho que trabalha mais e reclama menos“. \>“Não têm forma de exigir muito, mas trabalharão muito. Não têm forma de querer voltar costas ao trabalho, porque apenas lhes resta trabalhar. E virão para trabalhar”, sustenta também. \>muitos destes refugiados ucranianos são mulheres que “terão que sustentar, muitas vezes sozinhas, os seus filhos da guerra“, o que será “uma força tremenda para o mercado de trabalho português”, pois “terão de trabalhar e poupar para os familiares \>Deste modo, José Crespo de Carvalho aconselha os portugueses a pensarem “nisto a sério” e diz que é hora de “alterarem o seu mindset em relação ao trabalho”. “É trabalharem mais, é aprenderem mais, é estudarem mais, é darem-se mais, é integrarem-se melhor nos seus contextos de trabalho”, recomenda.> “Sempre reconheci a capacidade de investir, o desenrasca, o querer fazer bem, o querer fazer melhor por parte dos portugueses. Chegou a altura de mostrarem o que valem ou outros virão e ficarão com os vossos lugares. O problema é que não será apenas aqui. É aqui e no resto da Europa”, alerta.


sad-kittenx

Já respondi no outro sub, estes gajos são tão nojentos, sem noção, sem nada.


S0l1tud3_1s_Bl1ss

Tenho dificuldades em perceber se este artigo é a gozar ou não, tal é o nível e a quantidade das afirmações proferidas.


layz2021

FDS que nojo e ainda diz essa merda todo contente e a esfregar as mãos aposto! Olha aqui estes que não podem reclamar, vamos fode-los com trabalho escravo porque não têm para onde se virar! Essa do estudar mais fez me lembrar no meu trabalho que nos disseram para estudar o framework que se usa (á feito pela empresa) depois do trabalho, em casa. E era. Como se já não bastassem as horas extra a custo 0 pra eles


SonicStage0

Dá convulsões ler esta m*rda


[deleted]

Só um enxerto neste gajo é que resulta


ihavenoidea1001

Esta gente diz isto em público imagina a merda que lhes sai quando estão em privado. >José Crespo de Carvalho Vocês já ouviram falar do Brock Allen Turner, o violador? Que neste momento até já aparece a foto dele quando se procura a definição de "violador"? Se calhar era boa ideia fazer algo do género com a cara, nome e nome das empresas que estes "senhores doutores" gerem. Qualquer coisa como, "Zé X que quer explorar e praticamente escravizar os desgraçados refugiados da guerra e aproveitar-se do desespero humano" Que asco de gentalha.


uzantonomon

me deus


desculpe_mas

Horrível.


vitorhugolcvieira

Devem ser milhões os Ucranianos que querem vir para cá trabalhar 14 horas por dia, 6 dias por semana a ganhar o salário mínimo, até lutam uns com os outros para virem no autocarro que a junta de Freguesia de Santa Cona do Assobio mandou para lá. Gosto especialmente da ameaça aos Portugueses, como se a vinda de 30.000 Ucranianos( o número indicado no artigo) fosse uma revolução, porque íamos deixar de poder ser mandriões e exigentes, devido ao risco destes 30.000 mandarem toda a gente para o desemprego. Esse número quase que é igual ao de emigrantes Ucranianos que já cá estão( 28.000 em 2020, segundo a Pordata), e que eu saiba estes não provocaram a revolução do mercado laboral que este artigo indica, nem tiraram o emprego a ninguém, já que estamos com o desemprego mais baixo dos últimos 20 anos.


S3Z1

É uma mistura nojenta de um aproveitamento total de refugiados de guerra, com uma tentativa de assustar os portugueses a aceitaram as condições miseráveis a que muitos postos de trabalho nos sujeitam. "Põe-te na linha, ou o Ucraniano rouba-te o trabalho!"


wormtool

Eu não tenho palavras para isto…


jesuseos7anoes

Tens de mudar o teu mindset


Poramordedeus

Omfg....


MissSommer

Se o inferno existir, o diabo vai meter estes merdas todos a trabalhar pelo ordenado mínimo, a fazer horas extra não pagas. E a bacana do GOT com o sino a gritar "shame" atrás deles. (adorava acreditar no inferno...)


[deleted]

Não há inferno. Se quisermos justiça temos que a acordar e fazer aqui na Terra.


_rcosta

Que vergonha alheia deste tipo de gente. Como os Portugueses estão a começar a abrir os olhos temos de arranjar outros para explorar... É assim tão complicado não ser um merdas e pagar mais um pouco?


_dogenz

Mais nada, os portugueses ainda deviam fazer sexo oral diariamente aos patrões, como forma de agradecimento por eles nos darem a oportunidade de "colaborar" nas empresas deles.


masomaro

A questão que se impõe: quem é que trabalha das 9h as 17h neste país?


Sancho_89

Epa, eu sou contra a pena de morte, mas volta e meia é muito difícil manter esta posição.


True_Sea_1377

Os patrões portugueses com as notícias dos refugiados só me faz lembrar daquela imagem do black a esfregar as mãos atrás de uma árvore 😂


Last-Ad-4421

Faz falta mais uma revolução francesa e uma guilhotina na praça pública para que estes patrões de merda aprendam quem é que manda nesta merda


[deleted]

São eles. O estado trucida qualquer revolta. Mesmo que derrotes o governo português, havera intervenção por parte dos grandes paises capitalistas. O ser humano existe para enriquecer os ricos e acabou. Trabalha que eles merecem.


SonicStage0

Não se devem vender espelhos em Portugal